Distribuindo qualidade e colhendo confiança!
Atendimento
(34) 3842-3654
Notícias
26
Out

Dutos da Petrobras têm uma tentativa de furto a cada 36 horas em 2017


A Petrobras registrou 176 tentativas de furto de petróleo ou combustíveis em seus dutos em 2017, o equivalente a uma ocorrência a cada 36 horas. O número representa um crescimento de 131% com relação ao ano anterior.

“Deve passar de 200 até o fim do ano”, disse na terça (24) Rubens Silvino, que presidente da Transpetro, subsidiária da estatal para a área de transportes de combustíveis.

Os criminosos perfuram os dutos para retirar combustíveis e petróleo para processar em refinarias clandestinas. Segundo Silvino, oito unidades desse tipo foram fechadas em operações policiais apenas este ano.

No processo contam com o apoio de caminhões para transportar dos produtos roubados. Segundo Silvino, são mais afetadas as malhas de dutos localizadas na Baixada Fluminense, na região metropolitana de São Paulo e na faixa do duto que leva combustíveis a Ribeirão Preto.

O presidente da Transpetro não fez estimativa dos volumes furtados nos dutos. Ele disse quem, em algumas das ocorrências, não chegou a haver furto, pois os bandidos não conseguiram concluir a operação de perfuração do duto.

Nesses casos, geralmente há vazamentos, como o ocorrido em outubro na Vila Jacuí, zona leste de São Paulo. Na ocasião, um vazamento de nafta (produto usado na indústria petroquímica, mas que pode ser usado para fazer gasolina) provocou a remoção de 53 famílias da região.

No Rio, quadrilhas especializadas na atividade contam com o apoio de milícias e, segundo a polícia, motivaram assassinatos de candidatos a vereador na Baixada Fluminense durante o ano de 2016.

Fonte: Fecombustíveis